para D.G.

... meu erro foi tecê-la em metáforas...
e ter enxergado não nos seus olhos, por exemplo, o azul do mar,
mas sim no azul do mar os seus olhos...
por isso, ei de tê-la eterna comigo,
no pensamento e coração...
e os meus sentidos, que são alheios ao meu pensar,
irão te reconhecer a cada instante da vida...
pois a natureza haverá de me presentear,
estando eu alegre ou triste,
sempre...
... com uma nova paisagem-você...

20 Comments:

  1. Sandrinha said...
    Ai metáforas!
    Aiai!
    Reservei um tempinho da semana para vir aqui...(risos)
    b j s .
    Isabelle said...
    "pois a natureza haverá de me presentear,
    estando eu alegre ou triste,
    sempre...
    ... com uma nova paisagem-você..."

    Esses versos são perfeitos!
    Cada vez me delicio mais com o Projeto Reticere!

    =)
    Suspiro de uma mariposa apaixonada said...
    tão comum não enxergar o que está estampado na retina, né?



    lindo o texto.
    beijoo

    Michelle
    ise said...
    Bonito texto! :)

    Quando aprendermos a enxergar com os olhos da alma; os presentes serão eternos!!

    Ise
    Gra Porto said...
    Meu erro foi achar que encontraria esses olhos sempre que procurasse.
    Mai Amorim said...
    Ai, que perfeeeeito!
    poucas palavras que disseram tanta, mas tanta coisa!

    Metáforas são perigosas. Belas, mas perigosas pois elas ficam mesmo depois que todo o resto foi embora.
    O cheiro vem no vento, o gosto vem na água...

    Lindo!
    jaque' said...
    é perfeito! :D voltei!
    intelectoariano said...
    muito bom! adorei!
    Aline Leonardo said...
    Oi Glauber!
    Mais uma vez aqui só pra registrar que eu ADORO esse espaço!
    Um beijo,
    Nina
    Ana Gotz said...
    ... não há outra paisagem mais bela!
    Ana Lu said...
    As palavras são tão delicadas, o lirismo e o erro das metáforas, a gravura também é fabulosa e intrigante, mas o trecho que mais me intriga, atrai é “e os meus sentido, que são alheios ao meu pensamento, irão reconhecer a cada instante da vida...”

    Ana Luísa Nardin
    Clara said...
    O maior erro (ou não) das metáforas, é porque sem querer somos tomados por elas.E aquilo que inicialmente eram só comparações,tornam-se idealizações da pessoa amada, transformando-a em algo intocável;enquanto ela,nunca deixou de ser um SER humano.

    Adorei!
    “e os meus sentidos, que são alheios ao meu pensamento, irão reconhecer a cada instante da vida...” Perfeito!

    Clarianne Natali
    Como se desintoxicar do homem errado said...
    Adorei sua visita ;O).

    Com seus textos podemos enviar a hipérbole dos nossos sentimentos, em poucas palavras, coisas que a linguagem não expressa.AMEI.
    Beijocas
    Thazya said...
    interessante o uso da figura de linguagem, amei, lindo mesmo, me faz lembrar daquela pessoa especial que tenho no coração.
    beijos
    Andre de Freitas Sobrinho said...
    blog cuidadíssimo. utilizando um termo gasto (quase gástrico): verbivocovisual.
    Enopj said...
    Olha, sempre visito o Projeto desde o início, nunca cheguei a postar, mas curto muito o trabalho que vocês realizam aqui.
    abraços
    ffffffer123456 said...
    Eu gostei muito do jogo de palavras , muito inteligente!
    Palavras de mulher. said...
    ..é assim mesmo..devemos enxergar as pessoas... como metáforas, pois assim é o ser humano!!!!
    Rê! said...
    São todos lindos... seus textos me inspiram, na vida e no amor.
    Girallua said...
    Lindo...
    Presente melhor no mundo na ha...

Post a Comment




Copyright 2007 | Projeto Reticere