... quando nos sentimos sós, o pôr do Sol não passa de um quadro na parede
com gosto de café amanhecido...

12 Comments:

  1. Tânia Cardoso said...
    Não há o que escrever, pois o silêncio diz mais por mim: você diz tudo em duas linhas.
    Iara Oliver said...
    Sublime, apesar de simples! Sintetiza o que há muito pensava, só não sabia como descrever. Parabéns pela poesia humanista e crua que demonstras!

    Ps: Acho que achei um bom lugar pra repousar com meus sentimentos....
    Reini said...
    Parabéns! o blog está ótimo.
    batistela.nna said...
    Já pensei algumas vezes a respeito do café adormecido também.
    Mas no caso creio que seria relacionado ao "paladar" do amor.
    É relativo. Nem sempre um café adormecido pode ser ruim, pode ser que um dia você levante com muita vontade de tomar café. Agora quando essa vontade já não é tamanha, aquele cafézinho razoável, acaba se tornando a pior "água suja" do amanhecer.
    Foge parcialmente da frase, porém, sem dúvidas é relacionado, não apenas com o café, mas com o se sentir sozinho, o vazio existencial, onde a maioria das pessoas procuram preenchê-lo com este sentimento ao qual denominamos amor.
    O blog está maravilhoso, sempre que puder passarei por aqui.
    carolina said...
    Gostei mais acho que falta um pouco mais de lirismo,escreva sobre o amor.Escritores jovens e felizes falam muito desse nobre sentimento inspirador.Contudo o blog está ótimo, surreal
    Bjos
    Bruna said...
    Olá! Achei muito interessante o blog, as ilustrações!
    Gostei muito desse poema e da comparação entre solidão e café da manhã, ficou interessante!
    Michele said...
    Oie...adorei tudo..
    Perfeitu...
    Linduuu...
    Amei...
    Parabéns pra vcs..

    =]
    Lucilaine said...
    Você escreveu completamente o contrário do Pequeno Princípe e eu gostei muito. Ele dizia que quando tristes e sozinhos a gente gosta do pôr-do-sol. Prefiro ficar com seu olhar.
    Hoje eu tive tempo de ler praticamente tudo do blog e está realmente lindo! Parabéns!
    Beijos a todos os envolvidos,
    Lu
    Cerejinha said...
    ...Parábens...Um blog muito bem feito...bem escrito, ilustração de primeira...textos de fácil compreenssão...muito bom mesmo!
    Analuka said...
    Diria que tudo fica mais pálido e menos saboroso quando nos sentimos sós... Abraços alados!
    Cibelly said...
    Que belo olhar! Aguardo ansiosa a publicação do livro (que há de vir)!

    Parabéns!!
    Gracinha said...
    acho que não tem nada a ver a comparação da solidão com o do por do sol e o cafezinho amanhecido...

    Se pensarmos bem, o por do sol é sempre maravilhoso e o cafe soneca é só uma questão de gosto...

Post a Comment




Copyright 2007 | Projeto Reticere