Cavalo coiceando a alma
De dorso selado
Narinas estateladas pelo ar da desesperança

Olhos arqueados ao grande vazio
Espaço da noite, crinas luzidias
A esconder as digitais
De dedos trágicos

Nervos delgados, retilíneo tendão
Íntegro impacto
Parte, o som intrínseco
Música diferente, ecoa dos cascos
Antes libertos
Agora ferrados

.

19 Comments:

  1. susie soares said...
    ...gostei..me fez pensar nas 'amarras' que a vida traz, ou que nós mesmos permitimos, e na liberdade que todos precisamos ter... abraço forte.
    http://www.susiesoares.blogspot.com
    Ju said...
    "Cavalo coiceando a alma", vou acabar adotando essa para explicar como me sinto as vezes, levando coices na alma.

    Gostei.

    E queria registrar que adoro as gravuras.
    Sabrina said...
    Têm a minha admiração pelos textos que escrevem. Gostaria muito de manter contato com os escritores daqui! Eu tento escrever pequenas bobagens as vezes!

    "Música diferente, ecoa dos cascos
    Antes libertos
    Agora ferrados"

    Gostei disso, me faz lembrar um pouco de mim.
    Alle Nascimento said...
    os desenhos são ótimos...
    parabéns...


    ps. volto a poder ler os textos, com mais calma !!

    abçs
    Brenda de Oliveira said...
    Depende de quem dedilha...

    Que bom que gostou!
    Acho que vou ler os seus agora, hehe.

    ;*
    Brenda de Oliveira said...
    Àh! Esqueci de perguntar...
    Essas ilustrações, vc mesmo que faz?
    Mai Amorim said...
    Hu, adorei "Cavalo coiceando a alma"... sério, traduiu uma série de sentimentos que às vezes vagam por mim.
    A história das amarras tamém...
    Liberdade versus prisão e tudo o mais que essa relação traz.

    ;*
    Anônimo said...
    Gostei muito.
    Adoro as poesias, que no final nos surpreendem.
    Adicionem meu blog.
    http://anacezare.blogspot.com/
    Se gostarem. Óbvio.
    Grata.
    Val said...
    maravilhoso!
    lindo mesmo: forte, intenso...
    parabéns
    o blog é lindo demais
    beijos e poesia!
    Val
    Cristiana Passinato said...
    Oi, dêem uma olhadinha no Caderno R http://www.cadernor.com.br dessa quinzena e passem no meu blogger, tem surpresas pra vcs.
    Um abraço e parabéns, o blog é lindo e a poesia de altíssima qualidade.
    Um beijo,
    Cris
    Roseli Rolim said...
    Que delícia encontrar um Blog com textos e ilustrações tão brilhantes!
    A palavra é rigorosamente esta: encantada.

    Obrigada por nos presentear com essa sensibilidade e beleza.

    Roseli Rolim
    Rafael Avansini said...
    XX
    Lindo, soa como um canto das amarras, uma necessidade de liberdade que não vem, ou antes a falta de uma liberdade que um dia se teve e se perdeu.


    XIX
    Não é o meu preferido, acho que algumas palavras soam cliché, a loucura parece ser inerente a alma do poeta, mas será que já não se escreveu muito sobre isso? Ou melhor, desta forma?
    Talvez a anarquia do poema pudesse ser de alguma forma menos previsível.

    XVIII
    Termos gramáticos e poéticos por excelência. Gostei, mas ainda sou mais fã do XX.
    _______________________

    Me intriga a ausência de título, não que seja essencial, mas considero importante em algumas obras em específico. Existe um motivo, ou a ausência de um, para que não se faça uso desse recurso?
    De qualquer forma, valeu muito a pena conferir o trabalho de vocês. Parabéns
    Sophie said...
    parabéns pelo blog
    vou sempre dar uma passada com certeza. :)
    um abraço
    Lourdes said...
    Com certeza o tema liberdade sempre será como um grito na alma do poeta que consegue colocar em palavras a necessidade que todos têm e apenas não conseguem dizer....
    Perfeito!
    O desenho também está maravilhoso..
    .Noites que não dormi. said...
    fantástico. como tudo nesse blog!
    muito bom
    =D

    beijos
    Anônimo said...
    minha alma coiceada se identifica haha
    camila_de_sa said...
    mais uma vez, completo.
    parabens pelo texto e pelas ilustrações!
    Moratori said...
    Parabéns, meus caros! O nível do trabalho está muito bom.

    Me encantei pelas ilustrações.

    =D
    Anônimo said...
    Sim, provavelmente por isso e

Post a Comment




Copyright 2007 | Projeto Reticere